"Educar é um exercício de imortalidade. De alguma forma continuamos a viver naqueles cujos olhos aprenderam a ver o mundo pela magia da nossa palavra. O professor, assim, não morre jamais...Entendo assim a tarefa primeira do educador: Dar aos alunos a razão para viver”.
RUBEM ALVES

quarta-feira, 30 de março de 2011

O que é desenvolvimento sustentável? Ensine suas crianças...

Vejam que maravilhosas dicas encontrei na web para trabalhar com alunos do Ensino Fundamental. Vale a pena conferir no site:

São idéias que podem ajudar nosso trabalho em sala-de-aula e ajudar também nosso planeta, e como explorar o site EcoKids, que é riquíssimo em sugestões.

domingo, 27 de março de 2011

PROJETO CUIDANDO DA VIDA

Neste ano, continuaremos a dar atenção especial ao nosso projeto Cuidando da Vida, o qual consideramos nosso tema gerador para este ano, fechando perfeitamente com a Campanha da Fraternidade. Desta forma, estamos implementando ações concretas a serem realizadas. Compartilhamos nosso projeto para apreciação de todos:

PROJETO CUIDANDO DA VIDA

  1. DADOS DE IDENTIFICAÇÃO:

Escola Municipal de Ensino Fundamental Irmã Maria Catarina

Endereço: Rua Esteio, 135 - Vila Ipiranga - Passo Fundo-RS

Direção: Sofia de Fátima da Silva Oliveira

Vice-direção: Claudia Beatriz Daron

Coordenação: Rosane Colussi

Professoras responsáveis: Célia Regina Montenegro Ruas e Vânia Maria Bassi Vedana

Público alvo: comunidade escolar

Duração do projeto: tempo indeterminado

2. OBJETIVO GERAL:

Conscientizar a comunidade escolar sobre a importância dos cuidados com a própria vida, com a vida do outro e com a vida do planeta.

  1. OBJETIVOS ESPECÍFICOS:

- Proporcionar espaços de ação e de reflexão sistemáticos sobre o tema das drogas lícitas e ilícitas;

- Mobilizar famílias, escola e toda a comunidade na busca de soluções para o problema da dengue;

- Proporcionar ações de coleta de pilhas e baterias usadas e de óleo de cozinha usado;

- Incentivar os alunos a realizarem tarefas escolares sobre os direitos da criança e do adolescente, especialmente sobre trabalho infantil;

- Desenvolver propostas de prevenção ao bullying, promovendo a cidadania e a tolerância com a diferença nas escolas;

- Divulgar as aprendizagens que estão sendo construídas nos diferentes meios e espaços de comunicação.


  1. JUSTIFICATIVA:

Diariamente, milhões de pessoas deparam-se com problemas de saúde: doenças físicas, psíquicas, psicossomáticas... O contexto mostra-se, de certa forma, doente. Somam-se a isso, os problemas ambientais.

Urgem ações individuais e coletivas. A Escola, como espaço de construção e aprendizagens, tem a tarefa de possibilitar aos sujeitos que a compõem, momentos de reflexão e de sensibilização em relação a tudo o que se refere à preservação da VIDA.

Neste sentido, é fundamental discutir sobre as relações que se estabelecem desde o cotidiano de sala de aula até o entorno, buscando constituir sujeitos capazes e com responsabilidades sociais.

Pensar e encaminhar ações que defendam a vida no planeta podem e devem se vincular a outras ações. Essa grande corrente poderá, aos poucos, amenizar a falta de cuidados com o ecossistema.

Tendo essa visão, surge a necessidade de abordar assuntos relacionados à reciclagem, coleta de resíduos poluentes ( pilhas, baterias e óleo usados), assim como a drogadição e as doenças epidêmicas.


  1. METODOLOGIA:

As atividades serão desenvolvidas em forma de projetos multidisciplinares, envolvendo diferentes grupos de trabalho (pais, professores, alunos, funcionários, comunidade). A coletividade na construção dessas ações permite o envolvimento efetivo de todos na execução dos projetos.


  1. CRONOGRAMA:

AÇÕES

EXECUÇÃO

RESPONSÁVEL

Elaboração de projetos contemplando: doenças, drogas, reciclagem, coletas de pilhas e óleo de cozinha.

Março a dezembro

Célia e Vânia

Campanha de divulgação sobre como se caracteriza o bullying;

Março a dezembro

Rosane

Pesquisa e reflexão envolvendo valores que possibilitam uma convivência pacífica no ambiente escolar;

Março a dezembro

Rosane

Organização de materiais explicativos/informativos sobre os temas dos projetos.

Maio e junho

Cleusa

Estudo do ECA(Estatuto da Criança e do Adolescente) e de textos relacionados ao tema Trabalho Infantil.

Agosto a setembro

Eliz e Vera

Constituição de um grupo de alunos e professores que auxiliem na coordenação das atividades.

Março a dezembro

Rosane

Envolvimento de todos os alunos dos Anos Finais na elaboração e seleção da arte para a camiseta do projeto.

Maio

Terezinha

Confecção de pinturas em murais, envolvendo desenhos como forma de melhorar o ambiente escolar.

Setembro

Clarisse e Sofia

Distribuição dos folhetos explicativos na comunidade.

Junho

Grupo de alunos, Célia e Vânia

Visitação à entidades que trabalham em prol do meio ambiente.

Agosto a dezembro

Claudia V., Vânia e Rosane

Participação em eventos relacionados à ecologia.

Março a dezembro

Rosane

Promoção de palestras relacionadas aos temas do projeto.

Agosto a dezembro

Rosane e Cláudia D.

Divulgação das intenções do projeto nos diferentes meios de comunicação da cidade.

Julho

Vânia e Célia

Recolhimento de óleo de cozinha, pilhas e baterias usadas e encaminhamento aos grupos responsáveis pela coleta.

Março a dezembro

Célia e Vânia

Elaboração de uma carta de comprometimento da comunidade escolar em defesa do meio ambiente

Novembro

Vânia, Cleusa e Mª Cândida

Organização de um evento artístico e cultural que possibilite a socialização das aprendizagens construídas a partir do projeto Cuidando da Vida

Dezembro

Rosane, Terezinha, Clarisse e grupos de trabalho

Distribuição de sabão caseiro, velas aromáticas e repelente natural, confeccionado nas oficinas da Escola.

Agosto a setembro

Terezinha e Célia

  1. RECURSOS NECESSÁRIOS:

- livros, jornais, revistas e periódicos para pesquisa sobre o assunto;

- folhas de ofício;

- laboratório de informática da escola;

- TV, DVD, CD’s e DVD’s para gravação;

- máquina fotográfica digital;

- projetor;

- telão;

- notebook;

- cartuchos de tinta para impressão;

- cartolinas, tesouras, colas e papéis coloridos;

- recipiente adequado para coletar pilhas que serão recolhidas;

- auxílio dos meios de comunicação da cidade na divulgação do projeto;

- verbas para impressão do folder e para a confecção de faixas divulgando o projeto;

- verba para a confecção das camisetas do projeto;

- patrocínio de instituições, entidades e empresas locais para o custeio do projeto.

- cartolinas, tesouras, colas e papéis coloridos;

- verba para transporte dos alunos a sede do grupo Amigos do Meio Ambiente;

-verbas participar de eventos relacionados aos cuidados com o meio ambiente (Maio Ambiental, Caminho das Águas, palestras...).

- recipientes para a fabricação do sabão caseiro;

- ingredientes para o preparo o sabão caseiro;

- materiais e meios de comunicação para divulgação do projeto.


  1. AVALIAÇÃO:

Espera-se, ao desenvolver este projeto, que todos os envolvidos tenham um olhar crítico e reflexivo a respeito dos temas trabalhados e que esse movimento leve a ações concretas, proporcionando o convívio em sociedade de forma harmônica, respeitando a si próprio e tudo o que diz respeito ao ecossistema.

quarta-feira, 16 de março de 2011

PENSEMOS NISTO...